quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Açude Orós atinge o pior nível hídrico desde a sua inauguração

Já é possível enxergar o surgimento de ilhotas, de bancos de areia e pedras  Foto: Hermano Rabelo
Por 
O Açude Orós pode atingir o volume morto neste ano. A estimativa é do Comitê da Bacia do Alto Jaguaribe. O prognóstico advém do baixo volume do reservatório, o qual atingiu seu pior volume (5,3%) desde sua inauguração, em 1961. Há, ainda, uma expectativa de continuidade da redução aquífera nos próximos dias. Fevereiro é o primeiro mês da quadra chuvosa e, até agora, não houve recarga nos principais reservatórios do Estado.

O baixo volume resulta em uma situação crítica: fim dos criatórios intensivos de tilápia, queda na atividade de pesca, desemprego, impossibilidade de irrigação e dificuldades de abastecimento de água de três cidades e dezenas de localidades rurais.


O Açude Orós, na região Centro-Sul do Estado, integra a Bacia do Alto Jaguaribe. É um reservatório estratégico para atividades produtivas e abastecimento de água para milhares de famílias. De acordo com o Portal Hidrológico da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), o Orós acumula apenas 5,3% de sua capacidade que é de 2 bilhões de metros cúbicos. O atual ciclo de escassez de chuva, que começou em 2012, contribui para a perda da reserva hídrica. A última vez que o reservatório transbordou foi em 2011.

"O Orós nunca esteve tão seco como está agora", observa o encarregado do posto do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs), Raimundo Nonato de Souza. "Agora já dá para ver a galeria de tomada de água para a válvula, próximo ao sangradouro, que sempre esteve encoberta", diz.

Do mirante, onde está a estátua do ex-presidente Juscelino Kubitschek, é possível observar o ressurgimento de ilhotas, de bancos de areia e de pedras, que antes estavam encobertos. Ruínas da igreja da localidade de Conceição do Buraco que foi encoberta pelas águas também começou a surgir. A tendência é de perda de volume nos próximos dias porque as chuvas estão escassas na região e o reservatório continua liberando, em média, cerca de mil litros por segundos para abastecimento das cidades de Jaguaretama e Jaguaribe por meio do leito do Rio Jaguaribe.

Histórico

Em 1993, o açude Orós liberou água para atender, de forma emergencial e pioneira, à Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) por meio do Canal do Trabalhador. À época, a ação evitou o colapso no abastecimento da Capital cearense e de cidades em seu entorno. Em 1994, o reservatório chegou a 13% de seu volume.

O açude é estratégico para atender a centros urbanos e localidades da Bacia do Médio Jaguaribe, as cidades de Jaguaretama, Jaguaribe e Orós, que ficam no entorno da barragem.

Antes da construção do Castanhão (2002), o Orós era o maior reservatório público do Estado. Tornou-se grande produtor de pescado, favoreceu o cultivo de arroz irrigado em várzeas no entorno de sua bacia, além de ser um atrativo turístico. Agora o açude enfrenta uma crise sem precedentes.

Se na atual quadra chuvosa não receber recarga, corre o risco de secar no decorrer deste ano. "Estamos vivenciando uma situação crítica", lamenta o integrante do Comitê da Bacia do Alto Jaguaribe, Paulo Landim. "Há vários anos que o Orós vem atendendo a demandas de outras cidades, reabastecendo o Castanhão, mas sem receber nenhuma compensação".

Paralisação

A perda acentuada de volume de água paralisa as atividades produtivas e de lazer. Os barcos de passeio de visitantes há tempos estão encostados às margens do reservatório. "Não aparece mais ninguém no fim de semana", comenta o barqueiro Luzimar Bezerra.

Nos últimos três anos, o setor turístico, que é movimentado pelo Orós, amarga queda acentuada nos negócios, mesmo no período das festas de fim de ano e férias escolares.

Outra área afetado com a escassez de água no Orós é o da piscicultura, que havia crescido nos últimos anos, gerando renda para 700 famílias e produzindo cerca de 150 toneladas de pescado por mês.

"A atividade está praticamente paralisada, com produção de apenas 5%", informa o empresário do setor José Lima. "Houve várias mortandades e prejuízos enormes para os criadores", completa.

Prejuízo

O baixo volume do Orós criou um clima de preocupação e de tristeza entre os moradores, produtores rurais, piscicultores e aqueles que trabalham com turismo.

A crise afetou duramente os negócios na cidade, com queda nas vendas nos postos de gasolina, lanchonetes e bares, farmácias e até mercadinhos. "Sem renda, as pessoas compram menos, procuram priorizar o essencial", reforça o empresário Luís Souza. "A cidade está parada".

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Lisca confirma que Felipe Jonatan está perto de deixar o Ceará: 'vários times atrás dele'

Resultado de imagem para Felipe JonatanPor Irailton Menezes-Diário do Nordeste
O técnico Lisca, do Ceará, concedeu entrevista coletiva logo depois da vitória so Alvinegro sobre o Horizonte, nessa quarta-feira (13), e um dos assuntos comentados pelo treinador do Vovô foi a possibilidade da saída do lateral-esquerdo Felipe Jonatan.

De acordo com o técnico, o Ceará pode negociar o atleta, cria das categorias de base do clube, a qualquer momento. "Estamos com a iminente saída do Felipe Jonatan. Tem vários times atrás dele", disse Lisca.

No último dia 12, o Ceará confirmou, através do presidente Robinson de Castro, que recusou uma proposta do Santos pelo lateral-esquerdo. O clube paulista haviado oferecido uma valor abaixo da multa rescisória do atleta, que é de R$ 6 milhões.

Ceará fura retranca do Horizonte, vence e retoma liderança

(Foto: Felipe Santos/cearasc.com)
(Foto: Felipe Santos/cearasc.com)
BRENNO REBOUÇAS-O Povo
A retranca do Horizonte até conseguiu segurar o time reserva do Ceará nos primeiros 45 minutos, ontem, no Castelão. Mas na segunda etapa o Vovô conseguiu dois gols e saiu de campo com mais uma vitória no Campeonato Cearense - a segunda consecutiva -, que devolveu a liderança do certame ao Vovô.

Os pouco mais de três mil torcedores presentes assistiram a um jogo movimentado, com muitas chances de gol, mas também várias finalizações erradas.

O Ceará não abriu o placar no primeiro tempo justamente por ter pecado muito nisso. Por três vezes, o Vovô chegou à área do Horizonte e não conseguiu concluir a jogada. A chance mais clara aconteceu aos 27, quando João Paulo cruzou rasteiro para Ricardo Bueno e dois defensores do Horizonte se atiraram na bola, mandando contra o próprio gol, mas Diego, atento, segurou.

O Horizonte teve méritos defensivos. Apesar de o Ceará girar bem a bola, saindo pelos lados e até pelo meio, quando chegava perto da meta adversária, o time de Lisca tinha dificuldades de achar espaço para chute. A primeira finalização certa só saiu aos 24 minutos.

O Galo do Tabuleiro teve dois momentos. Um com Dudu Beberibe, que recebeu lançamento, ganhou de Edinho na corrida e bateu na saída de Fernando Henrique, sem muita força. E com Lucas Neres, cobrando falta por baixo, para fácil defesa do goleiro alvinegro.

Nos dois primeiros lances do segundo tempo, Willie e Matheus Matias quase marcaram para o Vovô, o que prenunciava a abertura do placar. O Horizonte, porém, tinha postura mudada. O técnico Gilmar Silva soltou mais a equipe e o Galo começou a ir até o ataque com mais de um jogador, ainda que se expondo mais. Foram pelo menos três boas finalizações e um gol em posição irregular, que a arbitragem anulou.

Para corrigir as falhas no penúltimo passe, de armação, Lisca lançou Chico e Felipe Baxola nas vagas de Willie - que saiu vaiado - e Matheus Matias. As mudanças surtiram efeitos e o Alvinegro passou a incomodar ainda mais.

Aos 19, Cristovam invadiu a área, foi derrubado pelo zagueiro Rômulo e o árbitro sinalizou pênalti. Juninho converteu. Bueno quase ampliou, aos 26, em cabeçada firme que Diego espalmou. A vitória foi selada aos 42. Chico recebeu na meia lua, limpou e chutou alto para o fundo das redes.

O técnico Lisca ficou na bronca com a arbitragem, pedindo duas penalidades. Uma sobre João Paulo, no primeiro tempo, outro sobre Willie, na segunda etapa. Ainda assim, quem saiu com a vitória foi o Ceará.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Ricardo Boechat, jornalista, morre aos 66 anos em queda de helicóptero em SP

O jornalista Ricardo Boechat em imagem de 2013 em Curitiba, no PR — Foto: Rodolfo Buhrer/Fotoarena/Estadão Conteúdo
O jornalista Ricardo Boechat em imagem de 2013 em Curitiba, no PR — Foto: Rodolfo Buhrer/Fotoarena/Estadão Conteúdo
Por G1 SP
O jornalista, apresentador e radialista Ricardo Eugênio Boechat morreu no início da tarde desta segunda-feira (11), aos 66 anos, em São Paulo.

O jornalista estava em um helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, e bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via. O piloto Ronaldo Quattrucci também morreu no acidente.

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista "IstoÉ". Ele trabalhou nos jornais “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil”.

Na década de 1990, teve uma coluna diária no "Bom Dia Brasil", na TV Globo, e trabalhou no "Jornal da Globo". Foi ainda diretor de jornalismo da Band e teve passagem pelo SBT.

Morre Aderson Maia, ex-presidente da APCDEC e do Sindicato dos Radialistas do Ceará

Por Eliomar de Lima
Morreu, nesta manhã desta segunda-feira(11), o radialista Aderson Maia (82). Ele estava internado, há semanas, no Hospital Otoclínica e morreu vítima de complicações do diabetes.

Aderson Maia foi presidente do Sindicato dos Radialistas do Ceará e da Associação dos Profissionais da Crônica Desportiva do Estado (Apcdec), bem como dirigente do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) do Estado.

Ele também presidiu a Associação Brasileira dos Cronistas Esportivos (Abrace) e ocupou a vice-presidência da Associação Internacional de Imprensa Esportiva.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

A escola Livre de Teatro Brincantes abre inscrições para a nova turma do Curso de Iniciação Teatral


Nenhuma descrição de foto disponível.

ATENÇÃO CRIANÇADA!
Você que sonha em ser ator ou atriz, sua oportunidade chegou:
A escola Livre de Teatro Brincantes está com inscrições abertas para a nova turma do Curso de Iniciação Teatral!

Chame o papai ou a mamãe para fazer a sua inscrição totalmente gratuita até o dia 11 de fevereiro na secretaria do Galpão das Artes. Aulas todas as terças e quintas com duas turmas: uma as 09h e outra as 16h. Início das aulas dia 12 de fevereiro de 2019.

A Escola Livre de Teatro faz parte do Projeto NUPEC - Novas Perspectivas e Conexões, uma realização da OFICARTE Teatro & Cia. Projeto contemplado pelo Edital das escolas Livres da Cultura - Governo do Estado do Ceará através SECULT.

VII Festival Internacional de Folclore apresenta 10 grupos do Brasil e do Paraguai no Vale do Jaguaribe

Esse ano, o festival levará a cultura popular a seis municípios do Vale do Jaguaribe durante quatro dias
Por SECULT 
O VII Festival Internacional de Folclore do Ceará, que será realizado de 7 a 10 de fevereiro nas cidades de Alto Santo, Limoeiro do Norte, Morada Nova, Quixeré, Russas e Tabuleiro do Norte, terá a participação de 10 grupos de cinco estados brasileiros e do Paraguai. Do Ceará, participarão a Companhia de Ritmos e Danças Populares – CORDAPES, Grupo de Dança Tablado, Grupo Oré Anacã – Grupo de Danças da UFC, Grupo Parafolclórico Fulô do Sertão (Senador Pompeu) e Cia Txai de Danças Populares, que será homenageada nesta edição.

Da Paraíba, virá a Tropa de Danças Regionais; de Pernambuco, o Grupo de Xaxado Cabras de Lampião; do Pará, o Grupo Parafolclórico Asa Branca; de São Paulo, o Grupo Apolo de Danças Gregas; e do Paraguai, o Grupo Paraguay Ete Villa Elisa. Entre as atrações, haverá ainda a Coroação das Rainhas dos Maracatus Cearenses: Az de Ouro, Nação Baobab, Nação Iracema e Vozes da África, todos de Fortaleza e Nação Jaguaribe de Limoeiro do Norte.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Hora de Plantar chega a 25 cidades a partir desta terça-feira (29). Saiba quais.


Ascom | Erivelton Celedônio
A partir desta terça-feira (29) as sementes do programa Hora de Plantar chegam a 24 municípios das regiões do Sertão Central, Vale do Jaguaribe e Litoral Leste. O programa da Governo do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), beneficiará 16 mil agricultores na sétima etapa de distribuição.

Com apoio do armazém da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ematerce) em Morada Nova, sementes, mudas, raquetes de palma forrageira e essências frutíferas serão entregues em Alto Santo, Aracati, Banabuiú, Beberibe, Ererê, Fortim, Ibaretama, Ibicuitinga, Icapuí, Iracema, Itaiçaba, Jaguaretama, Jaguaribara, Jaguaribe, Jaguaruana, Limoeiro do Norte, Palhano, Pereiro, Potiretama, Quixadá, Quixeré, Russas, São João do Jaguaribe e Tabuleiro do Norte.

Com investimento total de R$ 2.057.564,00 nestes municípios, a SDA, através da Coordenadoria de Desenvolvimento da Agricultura Familiar (CODAF), ofertará sementes de feijão caupi (15.750kg), milho híbrido (95.550kg), sorgo forrageiro (68.800kg), milho variedade (61.700kg), palma forrageira (634.420 raquetes), caju anão precoce (177.200 mudas), acerola (3.000 frutíferas), manga (370 frutíferas), umbu cajá (210 frutíferas), maniva de mandioca (1.060m³) e essências de sabiá (23.850 mudas) e aroeira (18.020 mudas).

Camilo Santana anuncia retorno do Programa Mais Infância para 50 mil famílias a partir de fevereiro

Resultado de imagem para CAMILO ANUNCIA MAIS INFANCIA
Diário do Nordeste
O governador Camilo Santana anunciou nesta segunda-feira (28), o retorno do “Programa Mais Infância”. O pagamento do benefício no valor de R$ 85 por mês, do Cartão Mais Infância, vai ser retomado a partir do dia 1º de fevereiro, de acordo com o governador.  

Idealizado pela primeira-dama Onélia Santana, o programa estava suspenso desde abril do ano passado, por recomendação do Ministério Público Federal (MPF), por conta da legislação eleitoral, que proíbe a distribuição gratuita de bens, valores ou outros benefícios durante o ano eleitoral.  

O benefício de R$ 85 é pago a famílias cearenses com crianças de 0 a 5 anos e 11 meses, inclusas no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal, o CadÚnico, que estejam enquadradas na situação de vulnerabilidade social. O programa é coordenado pela Secretaria de Proteção Social, Justiça, Mulheres e Direitos Humanos (SPS). 

Segundo Camilo Santana, dados do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece) mostram que a extrema pobreza no Ceará e no Nordeste brasileiro está concentrada na fase inicial da vida das pessoas, ou seja, de zero a seis anos de idade.

Cerca de 50 mil famílias cearenses em situação de extrema pobreza vão voltar a receber o valor. “É uma forma de contribuir e melhorar a renda dessas famílias”, completou o governador. O total anual do benefício pago pelo governo é de cerca de R$ 50 milhões. 

Sérgio Moro autoriza força-tarefa de intervenção penitenciária no Ceará

Resultado de imagem para CAMILO SANTANA E SERGIO MORO
Por 
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, autorizou o emprego da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP) em apoio ao Estado do Ceará, que tem sofrido uma onda de ataques violentos desde o início do mês.

A decisão consta na portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (28). A força-tarefa, que ficará no Estado por 45 dias, a contar de 14 de janeiro, vai atuar nos serviços de guarda, vigilância e custódia de presos. 

Esse tipo de força-tarefa para intervenção nos estados é objeto de outras duas portarias de Moro publicadas nesta segunda.

WhatsApp, Facebook Messenger e Instagram Direct serão unificados

Por Daniel Praciano- DN
Já pensou ter um só comunicador da família Facebook para falar com todos os seus contatos? Pois bem, Mark Zuckerberg e equipe estão trabalhando para unificar WhatsApp, Facebook Messenger e Instagram Direct. Futuramente, a ideia, é que ao enviar uma mensagem por um dos 3, ela possa ser lida em todos. A informação é do jornal The New York Times (NYT).

Segundo o jornal, o trabalho é minucioso e estão inclusive levando a criptografia ponta-a-ponta que funciona no WhatsApp para os demais comunicadores.

A ideia é começar em dezembro de 2019 ou nos primeiros meses de 2020. O trabalho já começou e está na fase inicial.

Facebook responde
Segundo porta-voz do Facebook, via assessoria de imprensa da empresa no Brasil, a empresa está em estágio inicial das discussões sobre a integração, ou seja, ela virá, mas deve realmente demorar. E o prazo que o jornal NYT divulgou deve ser o prazo estimado para realmente acontecer toda a integração. Confira a íntegra do comunicado da rede social.

“Queremos construir a melhor experiência de mensagens possível, e as pessoas querem que as mensagens sejam rápidas, simples, confiáveis e privadas. Estamos em um estágio bastante inicial de avaliar maneiras de adicionar criptografia à comunicação pessoal, e considerando formas de tornar mais fácil para que as pessoas falem com amigos e família em todas as diferentes redes. É comum debatermos internamente opções de produto de longo prazo, e essas discussões evoluem e vão se ajustando ao longo do tempo”.

sábado, 26 de janeiro de 2019

Antônio Filho, o Conin, assume comando do PT no Ceará

Conin vai comandar o partido até o final de 2019

Por Wagner Mendes-DN
O Partido dos Trabalhadores no Ceará se reuniu neste sábado (26) e elegeu novo diretório para comandar o partido. O deputado estadual Moisés Braz deixa a presidência interina para entrar Antônio Filho, conhecido por Conin. Moisés, que liderou a legenda durante a eleição de outubro, deverá se dedicar ao mandato na Assembléia Legislativa. 

Conin, que é militante de Acopiara, deve ficar no posto para completar o mandato que iniciou ainda com De Assis Diniz, e que acabou renunciando a presidência para se dedicar à Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA) na gestão estadual.

O secretário já havia assumido o posto ainda no primeiro mandato de Camilo, e acabou pedindo afastamento temporário da liderança da legenda. Com a recondução no primeiro escalão do Palácio da Abolição, abriu mão da dirigência.  

Durante transmissão ao vivo nas redes sociais, o novo presidente da sigla afirmou que, após o encontro que elegeu nova diretoria, o partido segue "unido" para enfrentar os novos desafios.

"Analisamos a conjuntura, os desafios do PT, as estratégias que temos que desenvolver e recompusemos a Executiva estadual do partido. Fico com essa responsabilidade para concluir o mandato do companheiro De Assis, que está em uma missão no governo. Temos o desafio de enfrentar a extrema direita que chega ao poder nacionalmente. Vamos construir a resistência", disse em pronunciamento. 

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Camilo Santana entrega 156 novos veículos para a Polícia Militar

(Foto: Germana Pinheiro/O POVO)
Redação O POVO Online
Com informações da repórter Germana Pinheiro

A Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE) recebeu, na manhã desta sexta-feira, 25, 156 novos veículos. Os carros e motos, entregues pelo governador Camilo Santana (PT), reforçam a força automotiva da Segurança Pública no Ceará. Desde 2015, dois mil veículos já foram conferidos, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Durante a entrega das viaturas, o governador adiantou que devem ser anunciados, ainda este ano, novos consursos para a Polícia Militar e Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

"Nosso compromisso é continuar investindo fortemente nas forças de segurança do Estado. Hoje estamos entregando mais 156 veículos, um investimento de quase R$ 8 milhões", afirma o governador. "As fortes ações que a gente tem feito dentro do sistema prisional tem ocasionado tudo isso aqui fora. Claro que têm diminuído significativamente, mas continuam. Isso mostra um incômodo". 

Camilo comentou ainda que grupos criminosos têm disseminado mentiras nas redes sociais para intimidar a população e provocar recuo por parte do Estado. "Seremos cada vez mais duros com a implantação da lei de execução penal dentro do sistema prisional do Ceará. Para isso, desde o início pedi reforço do Governo Federal. Temos 406 homens da Força Nacional e gostaria de ter mais para garantir (a segurança) porque a área territorial do Ceará é muito grande".

Ceará deve ter novo concurso para Polícia Militar e Pefoce em 2019, diz Camilo

Resultado de imagem para camilo santana
Diário do Nordeste
O Ceará deverá ter um novo concurso para a Polícia Militar neste ano. A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também está com um certame em planejamento para ser lançado em 2019. O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana na manhã desta sexta-feira (25).

Os dois exames se juntam ao anunciado anteriormente para a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), cujo edital era esperado para 2018, mas ainda não foi publicado. 

"Já tinha anunciado no ano passado um novo concurso da Polícia Civil. Este ano deverei anunciar um novo concurso para a Políca Militar e também para a Pefoce", ressaltou Camilo durante entrevista coletiva durante a entrega de 156 novos veículos para a PM.
Detalhes quanto ao número de vagas para o concurso da PM e da Pefoce não foram revelados, assim como quando o edital dos dois certames deve ser divulgado. 

Já o exame para a Polícia Civil prevê o preenchimento de 1.496 vagas para delegado, escrivão e inspetor. Contudo, a distribução das oportunidades pelos cargos não foi anunciada. 

O concurso da PCCE ainda está sem banca organizadora, mas o Governo do Estado prevê que ele ocorra até o final deste ano.

Facebook muda regras e vai identificar "notícias falsas"

Image result for FACEBOOK
Por 
O Facebook anunciou mudanças nas regras para as páginas dentro da plataforma. A principal delas é a identificação de publicações consideradas “notícias falsas” e que, em razão disso, têm a distribuição reduzida. Os administradores das páginas poderão ver quais mensagens foram enquadradas nesta categoria. Também terão acesso a outros conteúdos retirados por violarem as normas internas da companhia (os Parâmetros da Comunidade).

Os administradores de páginas passarão a ter acesso a uma “aba” denominada “Qualidade da Página”. Nela, ficarão listados os posts avaliados como “falsos”, “mistos” ou com “título falso”, conforme categorias definidas pela empresa. A classificação é feita por agências de checagem de fatos parceiras. 

Até agora, quando uma publicação era marcada desta maneira não havia qualquer sinalização nem ao autor nem aos administradores de páginas. O autor, contudo, seguirá sem ser notificado.